Revezamento da tocha de Tóquio tem primeiro caso de covid-19 confirmado

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 22 de abril de 2021 as 10:54, por: CdB

 

Um policial que ajudou o revezamento da tocha da Olimpíada de Tóquio se tornou o primeiro participante do evento a ser diagnosticado com covid-19, disseram os organizadores nesta quinta-feira.

Por Redação, com Reuters – de Tóquio

Um policial que ajudou o revezamento da tocha da Olimpíada de Tóquio se tornou o primeiro participante do evento a ser diagnosticado com covid-19, disseram os organizadores nesta quinta-feira.

Anéis Olímpicos em Tóquio

O agente de cerca de 30 anos foi infectado com o vírus depois de trabalhar no revezamento no município de Kagawa, localizado em Shikoku, ilha do sul do Japão, informou a Tóquio-2020 em um comunicado.

Ele direcionou o tráfego na cidade de Naoshima no sábado e teve febre no domingo, noticiou o jornal Asahi, citando organizadores e a polícia municipal. Segundo a reportagem, ele usou máscaras e não teve contato com os corredores.

Outra etapa

Separadamente, dois corredores, uma personalidade da televisão e um ex-atleta olímpico desistiram de uma etapa do revezamento a ser realizada no município de Tottori, no oeste japonês, no mês que vem, noticiou a emissora pública NHK.

O apoio público aos Jogos minguou devido ao temor de que o evento agrave as infecções pela covid-19, que assolam o país com uma quarta onda. O governo do Japão deve declarar um estado de emergência, o terceiro do último ano, nos grandes centros populacionais de Tóquio e Osaka nesta semana.

Já adiada em um ano, a Olimpíada deve começar em 92 dias. Autoridades olímpicas e governamentais disseram que um novo adiamento está fora de questão.