Rinocerontes-negros morrem no Quênia durante deslocamento entre parques

Arquivado em: África, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 13 de julho de 2018 as 16:31, por: CdB

Os rinocerontes, que fazem parte de uma espécie com grande ameaçada de extinção, morreram no parque nacional de Tsavo East, segundo o jornal Daily Nation

Por Redação, com Reuters – de Nairóbi:

Oito rinocerontes-negros morreram no Quênia enquanto eram transportados entre dois parques nacionais pelo serviço estatal de vida selvagem, disse o ministro de Turismo, Najib Balala, nesta sexta-feira em comunicado.

Oito rinocerontes-negros morrem no Quênia durante deslocamento entre parques

Os rinocerontes, que fazem parte de uma espécie com grande ameaçada de extinção, morreram no parque nacional de Tsavo East, segundo o jornal Daily Nation.

Uma investigação inicial do Serviço de Vida Selvagem do Quênia (KWS) indicou que os rinocerontes morreram de intoxicação com sal após beber água em seu novo habitat, informou a agência em comunicado, acrescentando que o transporte de rinocerontes foi interrompido.

Os rinocerontes estavam entre 14 animais que o KWS começou a transportar no mês passado de Nairóbi para Tsavo East.

O Quênia tinha uma população de 1.258 rinocerontes em 2017, dos quais 745 são rinocerontes-negros, 510 rinocerontes-brancos do sul e três rinocerontes-brancos do norte, frente a menos de 400 rinocerontes na década de 1980.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *