Rio criará três UPPs em Angra dos Reis

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 24 de dezembro de 2019 as 10:11, por: CdB

A instalação das novas unidades deve ser concluída até o fim de janeiro do ano que vem nas comunidades Camorim Grande, Belém e Frade.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

Após um acordo com a prefeitura de Angra dos Reis, o governo do estado do Rio anunciou, na noite de segunda-feira, a criação de três unidades de Polícia Pacificadora (UPP) no município, que serão as primeiras fora da região metropolitana da capital. A instalação das novas unidades deve ser concluída até o fim de janeiro do ano que vem nas comunidades Camorim Grande, Belém e Frade.

Governo do Rio criará três UPPs em Angra dos Reis
Governo do Rio criará três UPPs em Angra dos Reis

Segundo o governador, as unidades representarão também um novo modelo de UPP, que aliará o foco em serviços à população com a presença de agentes de segurança pública.

Um dos principais destinos turísticos do estado, Angra viveu nos últimos anos um aumento da violência, com mais confrontos entre traficantes de drogas e policiais. A cidade chegou a decretar situação de emergência por causa da violência em 2018.

Para fazer frente a essa situação, o governo também deve aproximar a atuação entre as polícias Civil e Militar. Além disso, um novo batalhão da PM deve ser construído na cidade, que receberá um reforço de 120 policiais da corporação.

Witzel prometeu ainda ao prefeito Fernando Jordão, que esteve no Palácio Guanabara, que investirá R$ 5 milhões na promoção turística do município.

Segurança Presente chega ao Grajaú e Vila Isabel

O governador Wilson Witzel inaugurou, na semana passada, a última base do Segurança Presente programada para este ano. A unidade de policiamento de proximidade que cuidará dos bairros do Grajaú e Vila Isabel, ambos na zona Norte do Rio, ficará instalada na Praça Edmundo Rego. O patrulhamento vai cobrir 21 vias nas duas localidades, entre elas a 28 de setembro, Teodoro da Silva e Engenheiro Richard, além do entorno do Estádio do Maracanã e da UERJ. 

Com a instalação desta sexta-feira, o programa, que é coordenado pela Secretaria de Governo e Relações Institucionais, chega a 19 bases, 11 delas foram implementadas este ano.

– O Segurança Presente agora é um programa de estado. É uma ação que resgata jovens que têm potencial para servir e proteger, egressos das Forças Armadas. É também um programa de assistência social. Mais de 36 mil atendimentos sociais já foram realizados. E vamos fazer muito mais no ano que vem – disse o governador durante o evento, que ocorreu no Grajaú Tênis Clube.

– Este é um programa de sucesso que veio para ficar – complementou o secretário de Governo e Relações Institucionais, Cleiton Rodrigues, agradecendo a parceria com a Polícia Militar ao longo de 2019.

O policiamento

Com 57 agentes fixos, entre policiais militares e agentes civis, e 3 assistentes sociais que farão atendimentos na base, o Segurança Presente Grajaú/Vila Isabel disponibilizará, todos os dias, 36 vagas para policiais militares que queiram trabalhar na folga. O policiamento será feito a pé, de bicicletas, motocicletas e viaturas, das 6 às 22h.

Bairros e municípios contemplados: Lapa, Centro, Aterro do Flamengo, Lagoa, Ipanema, Leblon, Tijuca, Méier, Laranjeiras, Bangu, Botafogo, Copacabana, Niterói, Nova Iguaçu, Austin, Duque de Caxias, Barra da Tijuca, Recreio e Vila Isabel/Grajaú.