Rio entra em estágio de crise após chuvas

Arquivado em: Destaque do Dia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 17 de maio de 2019 as 14:40, por: CdB

O município estava em estágio de atenção desde 10h55, devido ao bloqueio do Túnel Rebouças, após um acidente, e às ocorrências relacionadas à chuva.

Por Redação, com ACS – de Rio de Janeiro

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio de Janeiro (COR) informa que o município entrou em estágio de crise às 12h35 desta sexta-feira, após a mobilidade ficar ainda mais afetada do que na parte da manhã. Neste momento, o Túnel Rafael Mascarenhas (Acústico), que faz a ligação entre a Lagoa e a Barra da Tijuca, está totalmente interditado, nos dois sentidos, após a queda de uma estrutura.

O estágio de crise é o terceiro nível em uma escala de três

O município estava em estágio de atenção desde 10h55, devido ao bloqueio do Túnel Rebouças, após um acidente, e às ocorrências relacionadas à chuva. Os motoristas devem evitar trafegar entre a Zona Sul e a Barra da Tijuca, neste momento. As opções para quem segue em direção à Barra são Alto da Boa Vista, Grajaú-Jacarepaguá ou Linha Amarela. O metrô também é uma alternativa e funciona normalmente.

O estágio de crise é o terceiro nível em uma escala de três e significa chuva forte a muito forte nas próximas horas, podendo causar alagamentos e deslizamentos.

Previsão do tempo completa

Nesta sexta-feira, ventos úmidos do oceano, juntamente com instabilidades em altos níveis, manterão nebulosidade e chuva no Rio. Assim, o céu estará com predomínio será de céu encoberto com chuva fraca/moderada a qualquer momento do dia, podendo ser forte de forma rápida principalmente nesta manhã e tarde.

Os ventos apresentarão intensidade moderada, passando a forte a partir da tarde. As temperaturas permanecerão amenas, com máxima prevista de 27°C.

Servidores público

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, pediu aos servidores públicos municipais que encerrem o expediente mais cedo nesta sexta-feira, e, assim, diminuam o rush do fim da tarde. Ele esteve por volta das 13h no Túnel Acústico Rafael Mascarenhas, onde no fim da manhã parte da estrutura do teto desabou, interditando a Auto-Estrada Lagoa-Barra.

Crivella também fez um apelo para que moradores da Zona Sul e da Barra da Tijuca permaneçam, se possível, em casa, como forma de evitar mais problemas no trânsito. Além do Túnel Acústico, segue fechada a Avenida Niemeyer, devido ao escorregamento de terra ocorrido na quinta-feira. As opções para quem chega ou sai da Barra da Tijuca são Alto da Boavista e Linha Amarela.

– Quero pedir aos funcionários públicos do município que interrompam as atividades mais cedo e possam ir para casa, para que na hora do rush a gente tenha menos carros nas ruas. Quem mora na Zona Sul e na Barra, se puder, deve evitar sair de cada hoje, devido à Niemeyer e à Lagoa-Barra estarem com problemas – disse Crivella, que destacou que a Prefeitura está concentrando esforços para normalizar a situação o quanto antes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *