Rio fiscaliza lava a jatos irregulares na região de Jacarepaguá

Arquivado em: Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 13 de novembro de 2020 as 13:59, por: CdB

A prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), realizou, mais uma ação conjunta contra lava a jatos irregulares, desta vez em Curicica, na região de Jacarepaguá, Zona Oeste da cidade.

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro

A prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), realizou, na quinta-feira, mais uma ação conjunta contra lava a jatos irregulares, desta vez em Curicica, na região de Jacarepaguá, Zona Oeste da cidade. Com a participação de diversos órgãos municipais e estaduais, a força-tarefa desfez cinco ligações clandestinas de água e de energia elétrica nos quatro estabelecimentos fiscalizados. 

Cinco ligações clandestinas de água e de energia elétrica foram desfeitas
Cinco ligações clandestinas de água e de energia elétrica foram desfeitas

Neste segundo semestre, operações integradas pela Seop já identificaram e cortaram 40 “gatos” em diversos bairros.

Na ação desta quinta, apenas um dos estabelecimentos apresentou alvará, mas estava utilizando energia elétrica sem marcador e teve o fornecimento cortado pela Light. Nos outros três pontos, os responsáveis não foram identificados ou não apresentaram alvará, sendo todos notificados. Nesses locais, foram desfeitas mais quatro ligações clandestinas de água e de energia elétrica. Um trailer de comércio ambulante também foi notificado a desocupar o espaço público.

Órgãos

Com planejamento da Subsecretaria de Operações (Subop) da Seop, a ação conjunta contou com efetivos da Guarda Municipal, Cedae, Light, Comlurb, Coordenadoria de Controle Urbano (da Secretaria Municipal de Fazenda), Coordenadoria de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (da Seop) e Polícia Militar.

Histórico

Somente no segundo semestre deste ano, desde 18/08, foram desfeitas 40 ligações clandestinas de água e de energia elétrica em ações conjuntas da Seop contra lava a jatos irregulares em diversos bairros. As operações também resultaram no recolhimento de mais de 4,8 toneladas de resíduos (caixas d’ água e outros recipientes, papelão, madeira e lonas) que obstruíam calçadas e parte de vias; na recuperação de três contêineres da Comlurb; e na aplicação de cinco multas por estacionamento irregular, com um veículo removido. Neste ano, ao todo, foram realizadas 16 dessas ações na Tijuca, Vila Isabel, Caju, Taquara, Campinho, Benfica, Mangueira, Botafogo, Deodoro, Guadalupe, Marechal Hermes, Itanhangá, Jacarepaguá, Abolição e Curicica.