Rio de Janeiro tem a segunda madrugada mais fria do ano

Arquivado em: Destaque do Dia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 21 de julho de 2021 as 13:43, por: CdB

O Rio de Janeiro teve a segunda madrugada mais fria do ano na virada de terça para esta quarta-feira, com o termômetros marcando 8,6ºC. O dia mais frio na capital fluminense foi na terça, quando a mínima chegou a 8,4ºC.

Por Redação, com Brasil de Fato e ACS – do Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro teve a segunda madrugada mais fria do ano na virada de terça para esta quarta-feira, com o termômetros marcando 8,6ºC. O dia mais frio na capital fluminense foi na terça, quando a mínima chegou a 8,4ºC.

Frente fria deixou a cidade, mas madrugadas continuam com temperaturas baixas por influência do mar

Ao longo do dia, um sistema de alta pressão manterá o tempo estável no Rio. A nebulosidade estará variada, com predomínio de céu parcialmente nublado, sem chuva. Os ventos estarão fracos a moderados.

Segundo o Centro de Operações Rio, nesta quarta a mínima deve ficar em 9ºC e a máxima será de 25ºC. Até o início da manhã, a Marinha do Brasil informou que ondas de até 3 metros de altura poderão atingir a orla da cidade.

Semana

Apesar do afastamento da frente fria que estava sobre a cidade nos últimos dias, o Rio deve continuar com temperaturas amenas nas madrugadas dos próximos dias por conta do ar frio do mar.

Até domingo, o Sistema Alerta Rio da Prefeitura da capital prevê que dias ensolarados, sem chuva. Nesta quinta-feira, a mínima será de 10º₢ e a máxima será de 26ºC. A temperatura aumentará gradualmente ao longo dos próximos dias. No domingo, a mínima será de 14ºC e a máxima, 31ºC.

Obra de contenção na Avenida Niemeyer

A Secretaria de Infraestrutura, por meio da Geo-Rio, terminou as obras emergenciais de contenção na Avenida Niemeyer e liberou totalmente o trecho da via para os veículos. Os reparos foram realizados após a identificação de rochas fragmentadas, que corriam risco de rolamento iminente, na altura do número 101, apontadas em relatórios técnicos da pasta. A intervenção durou seis meses e terminou 10 dias antes do previsto.

Em janeiro, a Geo-Rio realizou um serviço inédito de limpeza da Avenida Niemeyer. Ao todo foram removidas 36 toneladas de lixo, o que equivalente a 20 caminhões. Logo após a limpeza, os técnicos fizeram uma investigação geológica do paredão rochoso e avaliaram a possibilidade de que de lascas e fragmentos de rocha poderiam cair sobre a pista. Por isso, foi feita a obra emergencial na via para garantir a segurança da população.

– Foi um serviço preventivo de identificação de riscos. Vamos manter este padrão em encostas da cidade para garantir a segurança da população – disse a secretária de Infraestrutura, Kátia Souza.

Realizado com técnica de alpinismo, foi feito um serviço de proteção da encosta com a colocação de tela de aço e execução de colunas de concreto fixadas por barras de aço na rocha, para evitar que fragmentos de pedra se desprendam da superfície e atinjam os veículos. Durante as obras, para garantir fluidez do trânsito,  foi montado um túnel provisório em estrutura metálica, além do sistema siga e pare.

Obra no sistema de drenagem

A Secretaria de Infraestrutura segue na recuperação do sistema de drenagem da pista da Avenida Niemeyer, na altura do nº 228. Por causa do afundamento da camada asfáltica, técnicos trabalham no local para ajustar o nivelamento da pista. Neste trecho a via segue funcionando no sistema de siga e pare, com o auxílio dos agentes da Cet-Rio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code