Rio de Janeiro vacina adolescentes de 13 anos

Arquivado em: Destaque do Dia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 20 de setembro de 2021 as 11:20, por: CdB

A Secretaria Municipal de Saúde informou que será usada exclusivamente a vacina da Pfizer, a única autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária para esta faixa etária. Segundo o calendário, as meninas serão imunizadas na quarta e quinta, enquanto os meninos receberão a vacina na próxima sexta-feira.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

O município do Rio de Janeiro anunciou nesta segunda-feira que vai vacinar nesta semana adolescentes de 13 anos de idade contra a covid-19, em primeira dose.

Nesta faixa de idade será aplicada exclusivamente a vacina da Pfizer

A Secretaria Municipal de Saúde informou que será usada exclusivamente a vacina da Pfizer, a única autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária para esta faixa etária.

Segundo o calendário, as meninas serão imunizadas na quarta e quinta, enquanto os meninos receberão a vacina na próxima sexta-feira.

Dose de reforço

A segunda dose e a dose de reforço continuam sendo aplicadas na cidade. No caso da dose de reforço, serão imunizados os idosos de 84 a 89 anos ou mais, conforme o calendário: hoje (89 anos ou mais), amanhã (88 anos ou mais), quarta-feira (87 anos ou mais), quinta-feira (86 anos ou mais), sexta-feira (85 anos ou mais) e sábado (84 anos ou mais).

Também recebem a dose de reforço as pessoas com alto grau de imunossupressão com 60 anos ou mais (segunda-terça) e com 40 anos ou mais (a partir de quarta-feira).

CoronaVac

O município do Rio de Janeiro retomou nesta segunda-feira a vacinação com a segunda dose da CoronaVac. A aplicação do imunizante havia sido suspensa na semana passada pela Secretaria Municipal de Saúde, devido à falta de vacinas.

A prefeitura também continua com o calendário de aplicação da dose de reforço para idosos. Esta semana é a vez de pessoas com mais de 84 anos, começando hoje com idosos de 89 anos ou mais.

A dose de reforço será aplicada ainda a pessoas com alto grau de imunossupressão, com 60 anos ou mais, nesta segunda e terça-feira.

A primeira dose será aplicada em pessoas com 20 anos ou mais, além de gestantes, puérperas, lactantes e pessoas com deficiência com 12 anos ou mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code