Rio: Órgãos governamentais farão ação comunitária na Vila Kennedy

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 16 de março de 2018 as 12:01, por: CdB

Segundo a Assessoria de Comunicação Social do Comando Conjunto, as ações fazem parte do contexto das medidas implementadas pela Intervenção Federal na Segurança Pública

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro:

Órgãos e agências dos governos municipal, estadual e federal realizarão neste sábado uma ação comunitária que prestará uma série de serviços na Vila Kennedy, na zona oeste do Rio. Desde semana passada, a comunidade vem recebendo uma série de operações das forças de segurança federais e estaduais.

Entre os serviços prestados estarão a emissão de documentos, regularização do serviço militar, orientação jurídica, assistência médica, odontológica e vacinação

O Comando Conjunto, responsável pelas operações de Garantia da Lei da Ordem, e a Secretaria Estadual de Segurança atuarão em parceria com a ação, que será realizada das 8h às 16h, na Escola Municipal Marechal Alcides Etchegoyen. Entre os serviços prestados estarão a emissão de documentos, a regularização do serviço militar, orientação jurídica, assistência médica, odontológica e vacinação. Também haverá atividades recreativas no local.

Segundo a Assessoria de Comunicação Social do Comando Conjunto, as ações fazem parte do contexto das medidas implementadas pela Intervenção Federal na Segurança Pública.

Desde o último sábado, 300 militares das Forças Armadas reforçam o patrulhamento durante o dia na Vila Kennedy. Durante a à noite, os policiais militares atuam na comunidade.

Drogas

Agentes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes da Polícia Federal (PF) prenderam na quinta-feira três homens, com idade entre 25 e 52 anos; com 232 quilos de cocaína em uma casa localizada no município de Itaguaí, região metropolitana do Rio de Janeiro.

Os agentes federais chegaram ao local, na Praia de Coroa Grande, na Baía de Guanabara; após uma denúncia anônima, que indicava uma movimentação intensa de pessoas suspeitas na residência. Nos fundos da casa, a PF apreendeu uma embarcação que estava em nome de um parente de um dos presos. Também foi apreendido um motor de popa. Existe a suspeita de que a droga seria distribuída a comunidades no Estado do Rio por meio de pequenas embarcações.

Os presos foram indiciados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Após serem autuados; os três acusados foram conduzidos ao sistema prisional do Estado; onde permanecerão à disposição da Justiça Federal, aguardando julgamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *