Rio realiza campanha contra o Aedes aegypti

Arquivado em: Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 11 de dezembro de 2018 as 11:40, por: CdB

A vistoria deve acontecer em caixas d’água, tonéis, vasos de plantas, calhas, garrafas, lixo e bandejas de ar-condicionado.

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro

O Governo do Estado do Rio de Janeiro, através da Secretaria de Saúde, está realizando uma campanha de combate ao mosquito Aedes aegypti. A ação publicitária foi lançada em rádios, TVs e veículos online e tem o objetivo de mobilizar toda a sociedade. O símbolo da campanha é o Dezinho, um herói mirim que tem a missão de sensibilizar a população, especialmente as crianças.

Meta é mobilizar a população para combater o mosquito que causa a dengue

Parece pouco, mas 10 minutos por semana é tempo suficiente para que uma pessoa olhe todos os possíveis focos do mosquito nas residências. A vistoria deve acontecer em caixas d’água, tonéis, vasos de plantas, calhas, garrafas, lixo e bandejas de ar-condicionado.

Com essas medidas de prevenção realizadas pela população Fluminense, é possível evitar a proliferação do Aedes aegypti.

O RioSolidario

O RioSolidario recebeu o Prêmio Líderes do Rio 2018, na categoria obras social, em evento realizado no Copacabana Palace na segunda-feira. O prêmio foi criado pelo LIDE RIO – Grupo de Líderes Empresariais para homenagear empresas, entidades, dirigentes ou gestores públicos cujo trabalho e realizações tenham contribuído decisivamente para a expansão do ambiente de negócios e a geração democrática de renda no Estado do Rio de Janeiro.

A decisão do corpo de jurados do LIDE é um reconhecimento pelo trabalho realizado pelo RioSolidario em projetos de responsabilidade social no Rio de Janeiro. O destaque foi para a ressocialização de crianças, deficientes físicos e mulheres em riscos sociais. O conselheiro do RioSolidario e presidente da Fundação Cecierj, Carlos Bielschowskiy, representou a ONG na premiação.

– Temos creches em áreas carentes do Rio, além de uma Casa Abrigo pensada especialmente para mulheres vítimas de violência. Também há um esforço grande para inserir no mercado de trabalho jovens que estão em situação de risco social. Eu acho que esse prêmio coroa todo esse trabalho – disse.

Para a diretora do RioSolidario, Liliana Pinelli, o Prêmio Líderes Rio 2018 é a melhor forma de reconhecer os mais de 20 anos de trabalho desenvolvendo projetos.

– Esse prêmio é o resultado de muito esforço da equipe do RioSolidario e prova que o trabalho social feito de forma séria dá certo e pode mudar a vida das pessoas – afirmou.

O Prêmio Líderes homenageou ainda outras 17 organizações de diversos setores responsáveis por impulsionar a economia.

– É um dia de reconhecimento. Precisamos cada vez mais valorizar pessoas e empresas que fazem acontecer, que continuam empregando, gerando renda no Rio, fazendo um estado e uma cidade melhor – explicou Andreia Repsold, CEO do Lide Rio De Janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *