Rio supera SP em número de mortes por covid-19

Arquivado em: Brasil, Destaque do Dia, São Paulo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021 as 12:51, por: CdB

No Brasil, a soma dos falecimentos desde o início da crise sanitária é de 228.795, com 1.232 mortes nas últimas 24 horas. O país é o segundo no mundo no ranking de vítimas em números absolutos, atrás apenas dos Estados Unidos (455.875). 

Por Redação, com ANSA – do Rio de Janeiro/São Paulo

A cidade do Rio de Janeiro superou São Paulo no número de mortos pela covid-19 na quinta-feira. Enquanto a capital fluminense registra 17.535 óbitos, a paulista tem 17.491.

Capital fluminense passou das 17,5 mil vítimas na pandemia

O que impressiona é que São Paulo tem quase o dobro de habitantes, são 12,3 milhões contra 6,7 milhões de moradores.

Nas últimas 24 horas, os paulistas contabilizaram 54 vítimas enquanto os cariocas registraram 106.

Estados

Quando analisados os Estados, São Paulo continua com mais mortes no número total com 53.090 e uma taxa de letalidade de 3%, um pouco acima da média nacional, que é de 2,4%. Já o Rio de Janeiro soma 30.354 óbitos, mas tem a maior taxa de letalidade do país, com 5,7%.

No Brasil, a soma dos falecimentos desde o início da crise sanitária é de 228.795, com 1.232 mortes nas últimas 24 horas. O país é o segundo no mundo no ranking de vítimas em números absolutos, atrás apenas dos Estados Unidos (455.875).

Amazonas

Ação conjunta do Ministério da Saúde, do governo do Amazonas e da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares conseguiu transferir daquele Estado 506 pacientes com covid-19 para tratamento em outras unidades da Federação. O objetivo é desafogar os hospitais e reorganizar o sistema de saúde local, pressionado pelo aumento da curva de casos de covid-19.

Os pacientes transferidos estão sendo colocados em hospitais universitários e unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) de 16 Estados brasileiros, além do Distrito Federal.

Segundo o Ministério da Saúde, na quinta-feira, dois voos da Força Aérea Brasileira (FAB) levaram 34 pacientes com covid-19 para hospitais em Belém e no Rio de Janeiro. Desse total, 12 pacientes do município de Tefé, no Médio Solimões, e quatro de Manaus, seguiram para a capital do Pará. Os demais foram para o Rio de Janeiro.

De acordo com a pasta, o percentual de alta dos pacientes transferidos para outros Estados já alcançou 32%. Houve ainda oito remoções para realização de cirurgia oncológica no Hospital do Câncer III, do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), localizado na capital fluminense.

Arrojo

O Ministério da Saúde anunciou ainda que, em parceria com o Ministério da Defesa, por meio da Força Aérea Brasileira, está preparando logística mais arrojada para o transporte de pacientes de covid-19 para outros Estados. A iniciativa tem apoio de uma empresa aérea comercial, que já teria recebido capacitação para fazer esse tipo de voo. No momento, estão sendo organizados os fluxos, a identificação de locais de acolhimento e os perfis de pacientes que podem ser transferidos.

A meta é transportar 80 pacientes por voo, de modo a atingir com maior rapidez o número projetado pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, de remover 1,5 mil pacientes, com o objetivo de abrir vagas para aqueles que estão em Estado mais grave e aguardam internação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code