Romário testemunha contra polonês suspeito de golpe de US$5 mi

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado quinta-feira, 27 de novembro de 2003 as 20:54, por: CdB

O atacante do Fluminense Romário testemunhou na Polônia esta semana em um processo contra um golpista polonês, acusado de roubar 5 milhões de dólares do jogador, disse um promotor público na quinta-feira.

Romário viajou até a cidade de Lublin, no leste do país, para apresentar provas aos promotores sobre o envolvimento do polonês em um esquema internacional do qual ele teria sido vitima.

– Durante seu testemunho na quarta-feira, Romário confirmou que esse ato criminoso aconteceu – disse o promotor de Lublin, Michael Blajerski.

Ele recusou-se a fornecer detalhes sobre o caso, dizendo apenas que um cidadão polonês, identificado como Piotr O., havia sido detido como suspeito no caso.

Um fonte ligada à investigação disse que Piotr O. era suspeito de ser cúmplice de um grupo que assessorou Romário a investir sua fortuna conquistada no futebol.

– Muitos ganhos desses investimentos foram para bolsos privados em vez de ir para caridade, como havia sido prometido – afirmou a fonte, acrescentando que o dinheiro deveria ajudar na construção de um hospital e de academias de futebol para jovens no Brasil.

Se condenado, suspeito pode pegar 10 anos de prisão.