Roraima: polícia realiza operação contra garimpo em área indígena  

Arquivado em: Brasil, Destaque do Dia, Polícia, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 26 de novembro de 2020 as 11:19, por: CdB

A Polícia Federal cumpriu nesta quinta-feira três mandados de busca e apreensão contra um grupo responsável por coordenar uma operação de garimpo ilegal em território Yanomami, no norte do país.

Por Redação, com Sputnik – de Brasília

A Polícia Federal cumpriu nesta quinta-feira três mandados de busca e apreensão contra um grupo responsável por coordenar uma operação de garimpo ilegal em território Yanomami, no norte do país.

Polícia Federal realiza operação contra garimpo em área indígena
Polícia Federal realiza operação contra garimpo em área indígena

De acordo com o portal G1, as investigações indicam que uma dupla é suspeita de gerenciar as operações na área indígena Yanomami, recrutando garimpeiros e mergulhadores, enquanto o terceiro investigado é acusado de fornecer apoio logístico e material para outros garimpeiros da região. Segundo a PF, o grupo também possui balsas e maquinário para extração de ouro.

As investigações começaram em 2018

A corporação informou que as investigações começaram em 2018, depois que um caminhão que transportava pessoas, mantimentos e materiais na região de garimpo ilegal, que fica às margens do Rio Uraricoera, foi abordado pelo Exército brasileiro e nele estavam dois dos suspeitos que são alvos da operação realizada nesta quinta-feira.

A 1ª Vara da Justiça Federal em Roraima expediu os três mandados de busca e apreensão após representação da autoridade policial e parecer favorável do Ministério Público Federal.

A operação foi batizada de Rêmora, em referência ao peixe que estabelece uma relação de comensalismo com predadores maiores, como, por exemplo, o tubarão, e sobrevive graças ao restos de suas presas, uma situação semelhante à relação de dependência entre as atividades de “pequenos” garimpeiros com grupos maiores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code