RS decreta emergência em município atingido por tornado

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado sexta-feira, 12 de dezembro de 2003 as 17:16, por: CdB

A prefeitura de Antônio Prado decretou situação de emergência e luto de três dias no município, atingido por um tornado que matou cinco pessoas, entre elas quatro crianças. O governo do Rio Grande do Sul vai dar total apoio para a reconstrução da cidade, considerada patrimônio histórico e cultural, por causa de seu casario de madeira e da colonização italiana. A garantia foi dada pelo governador Germano Rigotto, durante visita à cidade. O tornado deixou ainda oito pessoas feridas e danificou 86 casas.

Rigotto prometeu ao prefeito Clóvis Zulian que a Defesa Civil vai distribuir telhas, lonas e cestas básicas às famílias atingidas, e disse que tentará obter recursos federais para ajudar a reconstruir o município. Ele visitou o local onde os corpos das crianças (de quatro a seis anos) que morreram no desabamento da escola estão sendo velados, e foi ao velório de Olir Susin, de 39 anos, que morreu na mesma ocasião. O sepultamento coletivo será realizado no fim da tarde.