Rússia lança primeiro celular à prova de grampo e hackers

Arquivado em: Destaque do Dia, Internet, Tablet & Celulares, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado domingo, 3 de fevereiro de 2019 as 11:30, por: CdB

O representante do Rostec explicou que o aparelho tem um sistema operacional em tempo real de produção russa, bastante reduzido para garantir a segurança da informação.

Por Redação, com Sputnik – de Moscou

O consórcio tecnológico russo Rostec iniciou a venda em massa do celular com proteção criptografada Kruiz-K, resistente a hackers e grampos, comunicou à agência russa de notícias Sputnik a assessoria de imprensa do Rostec.

O consórcio tecnológico russo Rostec iniciou a venda em massa do celular com proteção criptografada

– Não podemos revelar os detalhes técnicos porque essa informação tem caráter classificado. Graças às soluções técnicas e conhecimento fundamental dos desenvolvedores do consórcio Avtomatika, será impossível hackear ou grampear o aparelho – informou o representante do Rostec.

Segundo a empresa, o celular custa 85 mil rublos (R$ 1.530) e se vende apenas para entidades jurídicas, não estando disponível para pessoas físicas.

O representante do Rostec explicou que o aparelho tem um sistema operacional em tempo real de produção russa, bastante reduzido para garantir a segurança da informação.

O produtor Avtomatika afirma que os usuários podem estar completamente tranquilos quanto às suas chamadas telefônicas dentro de uma empresa que possuaesse sistema, bem como para as empresas que têm o mesmo aparelho.

Em maio de 2018, o porta-voz do Avtomatika Vitaly Strugovets anunciou que o consórcio tinha criado o primeiro celular com criptografia russa que estaria disponível para as forças de segurança e empresários que querem se proteger de espionagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *