Rússia nega qualquer envolvimento em protestos dos ‘coletes amarelos’ na França

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 as 12:03, por: CdB

Peskov acrescentou que a Rússia “dá muita importância” ao desenvolvimento das relações com a França e que “ambas as partes trabalham nisto com bastante intensidade”.

Por Redação, com EFE – de Moscou

O governo da Rússia negou nesta segunda-feira qualquer envolvimento nos protestos dos “coletes amarelos” na França e garantiu que qualquer afirmação no sentido contrário é uma “calúnia”.

O governo da Rússia negou nesta segunda-feira qualquer envolvimento nos protestos dos “coletes amarelos” na França

– Toda afirmação sobre um possível envolvimento da Rússia (nos protestos na França) não é mais que uma calúnia – disse à imprensa o porta-voz da presidência da Rússia, Dmitri Peskov.

Peskov reiterou que tudo que acontece na França é um “assunto interno” deste país.

– Não nos envolvemos e não vamos ser envolvidos nos assuntos internos de outros países, entre eles a França – frisou o porta-voz.

Peskov acrescentou que a Rússia “dá muita importância” ao desenvolvimento das relações com a França e que “ambas as partes trabalham nisto com bastante intensidade”.

– Por isso, temos uma atitude de respeito para a soberania da França, e agradecemos quando a parte francesa nos responde com reciprocidade neste plano – afirmou o porta-voz.

Alguns veículos de imprensa do Ocidente indicaram que centenas de perfis na rede social Twitter relacionados com a Rússia supostamente manipularam a rede social para instigar o movimento dos “coletes amarelos”.

O ministro das Relações Exteriores da França, Jean-Yves Le Drian, declarou em um programa de televisão que foi iniciada uma investigação sobre uma suposta manipulação estrangeira no Twitter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *