Rússia poderá receber permissão de uso da vacina contra covid-19

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 29 de julho de 2020 as 14:27, por: CdB

A vacina contra covid-19 desenvolvida pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamalei foi transferida para análises à autoridade competente do Ministério da Saúde da Rússia.

Por Redação, com Sputnik – de Moscou

A vacina contra covid-19 desenvolvida pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamalei foi transferida para análises à autoridade competente do Ministério da Saúde da Rússia.

Rússia poderá receber permissão de uso da vacina contra covid-19 em meados de agosto
Rússia poderá receber permissão de uso da vacina contra covid-19 em meados de agosto

Espera-se que o registo da vacina ocorra entre os dias 10 e 12 de agosto, a licença para sua distribuição civil deve ser obtida em 15 ou 16 de agosto, informou à agência russa de notícias Sputnik uma fonte familiarizada com o assunto.

– Em 10-12 de agosto, após verificação pelo Serviço Federal de Vigilância na Área da Saúde da Rússia, devem estar prontos os documentos de registro (da vacina), já em 15 ou 16 de agosto é esperado que sejam obtidos documentos que permitirão distribuir a vacina entre a população – explicou.

A fonte acrescentou que atualmente a vacina já foi transferida ao centro de pesquisa científica. Se tudo correr bem, o Ministério da Saúde emitirá a certificação, depois disso os documentos serão entregues ao Serviço Federal de Vigilância na Área da Saúde da Rússia, onde será determinado que a vacina atende os requisitos de certificação. No passo seguinte será emitido um documento, a permissão para distribuição civil, e a vacina estará disponível.

Uso da vacina pela população

Deste modo, de acordo com a fonte, o uso da vacina sem restrições pela população em geral será possível em janeiro ou fevereiro do próximo ano.

Anteriormente, o ministro da Saúde Mikhail Murashko admitiu haver a possibilidade de a vacinação contra o coronavírus de pessoas de grupos de risco (professores, médicos, entre outros) poder começar já em agosto.

Segundo o ministro, atualmente na Rússia há duas vacinas candidatas em elevado estado de prontidão, desenvolvidas pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamalei e pelo Centro Estatal Científico Vektor. A primeira vacina já concluiu a segunda fase dos ensaios clínicos, demonstrando sua eficácia.

Brasil

Com a vacina russa contra covid-19 podendo ser liberada para uso civil já em 15 de agosto, a web tomou fôlego e virou os olhos para a Rússia.

De acordo com fonte informada, o registro da vacina russa contra o coronavírus desenvolvida pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamalei é esperado que aconteça entre 10 e 12 de agosto.

A novidade está sendo bem recebida em todo o mundo, e internautas brasileiros estão se mostrando ansiosos para receber a vacina russa, que trouxe a esperança que estava faltando há meses.

O assunto “Rússia” já recebeu mais de 300 mil tweets, e é uma mistura de memes com ideais socialistas de outra época russa.