Salários atrasados atormentam o Fla

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado quinta-feira, 3 de julho de 2003 as 21:40, por: CdB

A forte chuva que caiu nesta quinta-feira em todo o Rio de Janeiro já era prenuncio de dia ruim na Gávea. Antes do treinamento, o supervisor de futebol do Flamengo, Paulo Angione, reuniu todo o grupo e conversou sobre os salários atrasados e a perspectiva de solucionar os problemas. Com isso, o treinamento que estava marcado para 15h30min começou depois de 16 horas.

A dívida do Flamengo com os jogadores é referente a maio e junho – vence nesta sexta-feira – e a tendência é que o mês vigente também faça parte dos atrasados.

No Flamengo desde as categorias de base, o zagueiro Fernando gostou da conversa e disse que a diretoria agiu honestamente. Mas o jogador deu uma declaração polêmica e ressaltou que já estava estranhando o fato de o clube estar pagando em dia há seis meses.

– Dinheiro comanda o mundo, mas já tivemos situações piores aqui no Flamengo e conquistamos títulos. O Paulo Angione passou uma coisa importante e a diretoria está se esforçando. Isso é atitude de homem. Agora, não sei dos outros jogadores, mas para mim está tudo tranqüilo. Sempre guardo um dinheiro. Achava estranho estarem pagando tudo direito nestes seis meses. Estou no Flamengo e já sei como é isso aqui – afirmou.

O supervisor rubro-negro ainda adiantou que os problemas de salários atrasados não são problema apenas do Flamengo. Segundo o dirigente, a crise atinge todo o futebol mundial e a expectativa é de que no máximo em 60 dias tudo esteja solucionado.