São Paulo remaneja blocos por questão de segurança

Arquivado em: Brasil, Destaque do Dia, São Paulo, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 4 de março de 2019 as 11:31, por: CdB

O Bloco Latinha Mix, um dos que teve o trajeto alterado, disse que a prefeitura justificou a mudança alegando que a área estava tendo problemas com assaltos.

Por Redação, com ABr – de São Paulo

A prefeitura de São Paulo remanejou os blocos que deveriam desfilar no Largo da Batata, Zona Ooeste, nesta segunda e terça-feira. Na nota divulgada na noite de domingo a administração municipal afirma que a decisão foi tomada “por questão de segurança” e que foram registrados incidentes em eventos “não oficiais” que aconteceram no local.

Prefeitura de São Paulo remaneja blocos por questão de segurança

O Bloco Latinha Mix, um dos que teve o trajeto alterado, disse que a prefeitura justificou a mudança alegando que a área estava tendo problemas com assaltos. O Latinha vai sair amanhã do Obelisco do Parque Ibirapuera às 13h30. Enquanto o bloco Não serve Mestre, que também desfilaria hoje no Largo da Batata, foi remanejado para a Rua Henrique Schaumann, ainda em Pinheiros, assim como o Me Lembra que Eu Vou. A programação no novo local começa às 13h.

A Polícia Militar disse não ter registrado ocorrências no Largo da Batata durante o fim de semana. A Secretaria de Estado da Segurança Pública também foi procurada, mais ainda não respondeu aos questionamentos da reportagem da Agência Brasil sobre o número e a natureza das ocorrências registradas na área.

Em um balanço divulgado no domingo, o governo de São Paulo informa que 589 pessoas foram presas pelas polícias Civil e Militar em todo o estado. Entre esses, 127 eram procurados pela Justiça. Foram apreendidas ainda 43 armas e recuperados 121 veículos roubados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *