Se estava no palácio, Saddam morreu, diz o general Moseley

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado sábado, 5 de abril de 2003 as 18:59, por: CdB

O palácio do presidente iraquiano Saddam Hussein bombardeado na primeira noite da guerra está destruído, assegurou o general Michael Moseley, responsável pela campanha aérea anglo-americana.

Segundo ele, se Saddam estava no edifício atacado naquela noite, como informaram os serviços de inteligência, o presidente iraquiano “não está mais entre os vivos”.

Durante uma teleconferência no seu quartel-general na Arábia Saudita, Moseley comentou os vídeos transmitidos pela televisão iraquiana que mostram Saddam andando entre civis em uma zona bombardeada de Bagdá.

“Se tivéssemos sabido de sua aparição, a Força Aérea teria estado lá para dar-lhe as boas-vindas”, disse ele.