Seca faz governo do DF emitir alerta à população

Arquivado em: Brasil, Destaque do Dia, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 27 de agosto de 2020 as 14:37, por: CdB

A baixa umidade do ar registrada na quarta-feira, de 12%, levou o Governo do Distrito Federal (GDF) a emitir, via SMS (mensagem de texto de celular), um alerta à população, segundo o qual alguns cuidados com a saúde devem ser redobrados com idosos e crianças.

Por Redação, com ABr – de Brasília

A baixa umidade do ar registrada na quarta-feira, de 12%, levou o Governo do Distrito Federal (GDF) a emitir, via SMS (mensagem de texto de celular), um alerta à população, segundo o qual alguns cuidados com a saúde devem ser redobrados com idosos e crianças. Caso o pico de baixa umidade se repita nesta quinta, será adotado “estado de emergência”, informou o GDF, por meio de sua Secretaria de Segurança Pública.

DF pode entrar em estado de emergência
DF pode entrar em estado de emergência

Para receber os alertas, basta enviar uma solicitação por SMS para o número 40199. É importante que, no corpo da mensagem, seja incluído o Código de Endereçamento Postal (CEP).

Em nota publicada em seu site, o GDF explica que os níveis de umidade são divididos em três: além do estado de emergência, há o estado de atenção, quando a umidade fica entre 30% e 20% por cinco dias; e o de alerta, quando a umidade se situa abaixo de 20% por três dias consecutivos.

Todos os anos, entre os meses de junho e agosto, a seca atinge Brasília, causando problemas a seus habitantes.

Veja as orientações para lidar com a seca

Lave as mãos com frequência e evite colocá-las na boca e no nariz.

Procure manter o corpo sempre bem hidratado. Portanto, beba bastante água, mesmo sem sentir sede. Na hora do lanche ou da sobremesa, dê preferência a frutas ricas em líquidos, como melancia, melão e laranja, por exemplo. Em especial, fique atento à hidratação das crianças, idosos e dos doentes.

Aplique soro fisiológico no nariz e nos olhos para evitar o ressecamento;

Evite a prática de exercícios físicos ao ar livre entre 10h e 17h.

Use produtos para hidratar a pele do rosto e do corpo, pelo menos depois do banho e na hora de deitar.

Coloque chapéus e óculos escuros para proteger-se do sol.

Aproveite o vapor produzido pela água durante o banho para lubrificar as narinas.

Coloque toalhas molhadas, recipientes com água ou vaporizadores nos quartos de dormir.

Evite aglomerações e a permanência prolongada em ambientes fechados ou com ar condicionado, pois o ressecamento das mucosas aumenta o risco de infecções das vias aéreas.

Mantenha a casa sempre limpa e arejada. O tempo seco aumenta a concentração de ácaros, fungos e da poeira em móveis cortinas e carpetes.

Procure não usar vassouras que levantam o pó por onde passam. Dê preferência para aspiradores ou panos úmidos.

Ligue ventiladores de teto no modo “exaustor”, com ar direcionado para cima. Ligados para baixo, no modo “ventilação”, levantam a poeira que se mistura no ar.

Não queime lixo, nem provoque queimadas por descuido ou desatenção.