Secretaria do Ambiente e Inea apreendem aves silvestres no Rio

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 27 de setembro de 2021 as 14:20, por: CdB

A ação conjunta foi realizada pela Secretaria Estadual do Ambiente e Sustentabilidade, por meio da Superintendência de Combate aos Crimes Ambientais e pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), em apoio ao Comando de Polícia Ambiental, da Polícia Militar.

Por Redação, com ACS – de Rio de Janeiro

Uma operação para combater o tráfico de animais silvestres recolheu 12 pássaros em feira livre no bairro de Honório Gurgel, na Zona Norte do Rio, no último sábado.

Secretaria do Ambiente e Inea apreendem aves silvestres na capital

A ação conjunta foi realizada pela Secretaria Estadual do Ambiente e Sustentabilidade, por meio da Superintendência de Combate aos Crimes Ambientais e pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), em apoio ao Comando de Polícia Ambiental, da Polícia Militar.

– Manter animais silvestres em cativeiro sem autorização é crime. Nossas equipes realizaram essa operação para combater o tráfico desses animais e alertar a população sobre essa prática ilegal. Vamos continuar fiscalizando e trabalhando para coibir esses crimes – explica Thiago Pampolha, secretário de Estado do Ambiente e Sustentabilidade.

Maria-preta, trinca-ferro, coleiro e canário-da-terra estavam entre as espécies apreendidas. Quando as equipes chegaram ao local, diversos comerciantes ilegais fugiram. A venda de animais silvestres é crime previsto na Lei Federal 9.605/98, no artigo 29, com pena de seis meses a um ano.

Violência doméstica

Um homem acusado de violência doméstica foi preso, no sábado, por policiais civis da 118ª DP (Araruama). De acordo com agentes, ele teria agredido, ofendido e ameaçado a ex-companheira, com quem tem duas filhas.

Após tomar conhecimento do fato, os policiais realizaram diligências e localizaram o autor. Ele também é acusado de integrar o tráfico de drogas no bairro Mutirão, em Araruama, na Região dos Lagos, e possui condenações criminais por roubo e tráfico.

O agressor foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

Milícia

Um integrante da milícia de Campo Grande, na Zona Oeste, acusado de tentativa de homicídio foi preso, no sábado, por policiais civis da 41ª DP (Tanque). Contra ele foi cumprido um mandado de prisão.

O criminoso foi preso em Campo Grande, Zona Oeste da capital. De acordo com agentes, a tentativa de homicídio aconteceu em 2011. Na ocasião, ele tentou matar sua companheira após uma discussão e contou com a ajuda de comparsas para cometer o crime.

Segundo as investigações, o criminoso também já cumpriu pena por ter assassinado outra companheira, em 1996, em Piabetá, no município de Magé, na Baixada Fluminense. Pelo crime ele cumpriu pena de 10 anos de prisão.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code