Segunda parcela do 13º de Aposentados deve ser paga em novembro

Arquivado em: Serviços, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 25 de setembro de 2018 as 22:22, por: CdB

Por Celso Martins

O Instituto Nacional de Securidade Social (INSS) começou a pagar no final de agosto, mais
precisamente a partir do dia 27/08, a primeira parcela do 13º salário dos aposentados, que
corresponderá a metade do valor total do benefício. No total, serão 30 milhões de
pagamentos.

Os depósitos dessa primeira parcela foram efetuados até o dia 10 de setembro, juntamente
com a folha mensal de pagamentos do benefício.

Por outro lado, a segunda parcela do 13o vai ser paga juntamente com os benefícios do mês
de novembro e equivalerá à diferença entre a soma total do abono anual e o valor da
parcela que foi antecipada. Informações do site Aposentadoria INSS.

De acordo com o governo, o dinheiro da primeira parcela provavelmente será capaz de
injetar cerca de R$ 21 bilhões na economia em agosto e setembro. Em 2017, o valor da 1a
parcela também foi pago no mês de agosto.

Quem tem direito ao 13º antecipado?

Tem direito ao 13º aqueles que, no decorrer do ano, recebeu benefícios da Previdência
Social, como aposentadoria, auxílio-acidente, auxílio-reclusão, pensão por morte,
salário-maternidade e auxílio-doença.

Os aposentados e pensionistas, em grande parte, receberão metade do valor do benefício.
Uma exceção a esse caso é para aqueles que passaram a receber o benefício depois de
janeiro de 2018. Nessa situação, o valor será calculado de forma proporcional.
No caso daqueles que recebem auxílio-doença e salário-maternidade, o valor do 13º vai ser
proporcional ao período recebido.

Uma vez que esse benefício é temporário, o INSS faz os cálculos da antecipação de modo
proporcional ao período. Por exemplo: um benefício que começou no mês de janeiro e
ainda está vigorando em agosto vai ter o 13º terceiro salário calculado em cima de oito
meses. O segurado receberá, desse modo, 50% desse valor.

No mês de dezembro, caso ainda esteja afastado, o segurado receberá o restante. Se
porventura tiver alta antes desse período, o valor será calculado até o mês em que o
benefício valer e somado ao último pagamento do mesmo, de acordo com o Ministério da
Fazenda.
As pessoas que recebem benefícios assistenciais (Benefício de Prestação Continuada da
Lei Orgânica da Assistência Social – BPC/LOAS e Renda Mensal Vitalícia – RMV) não
possuem direito ao abono anual.

Não terá desconto de Imposto de Renda (IR) na primeira parcela, confira tabela do IR.
Segundo a legislação, o imposto de renda sobre o 13º apenas é cobrado na segunda
parcela, que por sua vez é paga em novembro e dezembro.

                                    Calendário de pagamentos

O pagamento da 1a parcela será depositado cumprindo o calendário de pagamentos dos
benefícios previdenciários do mês de agosto, para os beneficiários que recebem até um
salário mínimo e tem cartão com final 1, menosprezando-se o dígito. Quem ganha mais que
o mínimo começa a receber a partir de setembro.

O extrato mensal de pagamento do benefício será disponibilizado para consulta no site Meu
INSS e também nos terminais de autoatendimento da rede bancária junto com o extrato de
pagamento de benefícios da folha de agosto, para aqueles que recebem até 1 salário
mínimo e com a folha de setembro, para aqueles que recebem mais que um salário mínimo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *