Sem visto e sem data de estréia

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado sexta-feira, 19 de novembro de 2004 as 11:29, por: CdB

Novidades sobre o legado Sganzerla. Saiu na imprensa paulista que a viúva do cineasta, a atriz e musa Helena Ignez, está mesmo tocando a continuação de O bandido da luz vermelha. Luz nas Trevas – A Revolta de Luz Vermelha, que terá direção da própria atriz, terá no elenco Selton Mello (que deve estar realizando um sonho de infância já que o ator é fã de Sganzerla e do Bandido), Paulo César Pereiro, Maria Luiza Mendonça e Djin Sganzerla (filha do cineasta com Helena Ignez). A trilha também já foi escolhida, ela será feita por Livio Tragtenberg e Arrigo Barnabé (que foi Orson Welles em um dos filmes de Sganzerla sobre a vinda de Orson Welles ao Brasil, em Nem tudo é verdade).
 
Nesse meio tempo, o 22º Festival de Turim vai exibir 10 filmes de Rogério Sganzerla. O Festival de Roma também vai exibir em dezembro O signo do caos e Abismú. E por aqui, quando o último filme do cineasta vai entrar em cartaz? Até agora as únicas exibições foram no Festival do Rio, de 2003.
                                                                   *****
O show do África Bambaataa no Circo Voador foi adiado por causa de problemas de visto.  
                                                                   *****
Uma pesquisa do Ibope revelou algo um tanto estranho. Cerca de 25% dos moradores das nove maiores regiões metropolitanas do país pagariam por um serviço de TV por assinatura que trouxessem apenas as emissoras abertas, como Globo, Band e SBT, com melhor imagem e som. E essas pessoas ainda disseram que não gastariam dinheiro com canais como Cartoon, Discovery e People & Arts.