Sergei Ryabkov pede que EUA evitem medidas precipitadas contra Irã

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 8 de maio de 2018 as 11:46, por: CdB

Ryabkov disse que não há motivos para acreditar que o Irã esteja no caminho para a criação de uma bomba nuclear, e que seria impossível pressionar Teerã a fazer concessões unilaterais

Por Redação, com Reuters – de Moscou/Ancara:

O vice-chanceler russo, Sergei Ryabkov, pediu aos Estados Unidos nesta terça-feira que não tomem medidas precipitadas contra o Irã que prejudicariam o acordo nuclear, informou a agência de notícias Tass.

O vice-chanceler russo, Sergei Ryabkov

O presidente dos EUA, Donald Trump, vai anunciar nesta terça-feira a decisão de abandonar ou não o pacto com o Irã; que suspendeu as sanções econômicas ao Irã em troca de Teerã limitar suas ambições nucleares.

Ryabkov disse que não há motivos para acreditar que o Irã esteja no caminho para a criação de uma bomba nuclear; e que seria impossível pressionar Teerã a fazer concessões unilaterais, relatou a Tass.

Irã não aceitará demandas da UE

O Irã não aceitará qualquer exigência além das que concordou em seu acordo nuclear com potências mundiais; disse uma importante autoridade iraniana nesta terça-feira; horas antes de o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump; anunciar se deixará o acordo.

Os signatários

– Os signatários europeus estão tentando persuadir Trump a permanecer no acordo; mas devem saber que o Irã nunca aceitará qualquer demanda além do acordo – disse a autoridade à agência inglesa de notícias Reuters; sob condição de anonimato por causa da sensibilidade do assunto.

– Trump deveria saber que ele é responsável por todas as consequências do colapso do acordo. O Irã sempre esteve comprometido; com suas obrigações internacionais – acrescentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *