Serviço Secreto publica fotos inéditas de ataques terroristas do 11 de setembro

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 9 de setembro de 2021 as 14:15, por: CdB

Em 3 de setembro, o presidente dos EUA, Joe Biden, ordenou a vários departamentos que supervisionassem uma revisão de desclassificação de documentos relacionada às investigações do Departamento de Investigação Federal (FBI) no dia 11 de setembro.

Por Redação, com Sputnik – de Washington

O Serviço Secreto dos EUA publicou, pela primeira vez, várias imagens inéditas dos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001, enquanto o país se prepara para comemorar o 20º aniversário da tragédia.

Serviço Secreto dos EUA publica FOTOS inéditas de ataques terroristas do 11 de setembro

As imagens publicadas mostram duas fotos nunca antes vistas de limusines blindadas e outros veículos totalmente destruídos em uma garagem pertencente ao Escritório de Campo do Serviço Secreto de Nova York.

Estas fotos nunca antes vistas mostram algumas limusines blindadas estacionadas no antigo Escritório de Campo do Serviço Secreto de Nova York que foi danificado durante os ataques de 11 de setembro.

Em uma outra foto, doada por um funcionário do Serviço Secreto, são vistas as Torres Gêmeas do World Trade Center cobertas de fumaça após terem sido impactadas por dois aviões.

As Torres Gêmeas do World Trade Center cobertas de fumaça

Foto nunca antes vista tirada por um funcionário do Serviço Secreto: as torres do World Trade Center após os dois aviões atingirem os prédios. (Foto doada).

A foto inédita mostra o Marco Zero (local onde ficava o World Trade Center) logo depois do colapso das torres.

Foto nunca antes vista: Marco Zero em 11 de setembro de 2001

Foto nunca antes vista: Marco Zero em 11 de setembro de 2001, após o colapso das torres, tirada por um funcionário do Serviço Secreto (Foto doada).

O 20º aniversário dos ataques

Espera-se que sejam publicadas mais fotos à medida que se aproxima o 20º aniversário dos ataques.

Em 3 de setembro, o presidente dos EUA, Joe Biden, ordenou a vários departamentos que supervisionassem uma revisão de desclassificação de documentos relacionada às investigações do Departamento de Investigação Federal (FBI) no dia 11 de setembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code