Setor elétrico tem saldo em aberto, informa a CCEE

Arquivado em: Energia, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 10 de dezembro de 2019 as 15:40, por: CdB

Do valor não pago, R$ 7,93 bilhões devem-se a liminares que protegem algumas elétricas de custos relacionados ao chamado risco hidrológico (GSF) na operação de suas usinas e R$ 80 milhões representam outros valores em aberto na liquidação.

 

Por Redação, com Reuters – de São Paulo

 

A liquidação do operações do mercado elétrico teve cerca de R$ 8 bilhões em aberto em outubro, de um total de R$ 9,94 bilhões cobrados junto aos agentes que operam no segmento, disse a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) nesta terça-feira. Dessa forma, a liquidação, que promove pagamentos e recebimentos entre as empresas que atuam no mercado elétrico, movimentou R$ 1,93 bilhão.

A lama desce o Rio Paraopeba, rumo à Hidrelétrica de Retiro Baixo, que já se encontra desativada
O setor hidrelétrico foi atingido pela tragédia de Brumadinho, a exemplo da suspensão da represa de Retiro Baixo (MG)

Do valor não pago, R$ 7,93 bilhões devem-se a liminares que protegem algumas elétricas de custos relacionados ao chamado risco hidrológico (GSF) na operação de suas usinas e R$ 80 milhões representam outros valores em aberto na liquidação.

Os agentes que possuem decisões judiciais vigentes para não participarem do rateio da inadimplência oriunda de liminares do GSF perceberam adimplência próxima de 85%; e os agentes amparados por decisões que determinam a incidência regular das normas perceberam adimplência de 12%, segundo a CCEE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *