Setor de Turismo começa a respirar melhor, após aumento na vacinação

Arquivado em: Comércio, Indústria, Negócios, Serviços, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 28 de junho de 2021 as 15:29, por: CdB

Pesquisa da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa) revela um quadro mais positivo, à medida que avança a campanha de vacinação no país. Em abril, 69% das operadoras ouvidas pela instituição perceberam certa melhora nos negócios, em comparação a março. Em maio, esse percentual subiu para 97%.

Por Redação – de São Paulo

O aumento no número de vacinados contra a covid-19 tem levado mais brasileiros a demonstrar maior interesse em retomar viagens de turismo, indicam entidades do setor. O quadro começa a gerar uma dose de otimismo entre empresários após o registro de uma série de prejuízos durante a pandemia.

O desemprego, no setor hoteleiro, atinge primeiro os postos de menor remuneração na cadeia do turismo
O volume de empregos, no setor hoteleiro, tende a aumentar com o aumento no número de viagens

Na visão de representantes da área, o avanço da imunização tende a reduzir restrições a atividades, criando aos poucos um ambiente mais favorável para os negócios. A recuperação completa do turismo, entretanto, só deve ocorrer a partir de 2022.

Faturamento

Pesquisa da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa) revela um quadro mais positivo, à medida que avança a campanha de vacinação no país. Em abril, 69% das operadoras ouvidas pela instituição perceberam certa melhora nos negócios, em comparação a março. Em maio, esse percentual subiu para 97%.

O faturamento, entretanto, segue enxuto e ficou na faixa de 25% do verificado antes da crise sanitária.

— Apesar do volume de faturamento ainda estar aquém do praticado antes da pandemia, na média dos 25%, uma percepção com viés mais positivo começa a ganhar força entre as operadoras, principalmente por conta do maior interesse do consumidor em adquirir ou planejar viagens — resume a associação, em nota.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code