Sistema inglês só devolve 14% dos exames de coronavírus em 24 horas

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 17 de setembro de 2020 as 13:24, por: CdB

Só 14% dos resultados de exames de detecção de coronavírus feitos na Inglaterra ficaram prontos em 24 horas na semana passada, uma queda brusca em relação à semana anterior, de acordo com dados desta quinta-feira que aumentam a pressão em um governo que rebate críticas de que sua estratégia está fracassando.

Por Redação, com Reuters – de Londres

Só 14% dos resultados de exames de detecção de coronavírus feitos na Inglaterra ficaram prontos em 24 horas na semana passada, uma queda brusca em relação à semana anterior, de acordo com dados desta quinta-feira que aumentam a pressão em um governo que rebate críticas de que sua estratégia está fracassando.

Entrada de local de testes para covid-19 em Londres
Entrada de local de testes para covid-19 em Londres

O governo britânico vem sendo muito questionado pelo fiasco do sistema “mundialmente superior” de exame e rastreamento de casos de coronavírus que prometeu visando proteger o país de uma segunda onda de infecções em meio à reabertura das escolas neste mês.

Ministros de governo reconheceram que as famílias não estão conseguindo fazer os exames ou ter acesso a eles em localidades remotas. Os novos dados, revelados nesta quinta-feira, mostraram que a chegada de resultados de exames também diminuiu acentuadamente.

Teste e Rastreie

O esquema Teste e Rastreie do Sistema Nacional de Saúde (NHS) disse que houve um aumento de 167% no número de pessoas novas com diagnósticos de covid-19 na Inglaterra desde o final de agosto.

Só 14,3% dos resultados de exames foram recebidos dentro de 24 horas, na semana anterior foram 32%.

No caso dos exames feitos em pessoa em todo o país, ao invés daqueles realizados com amostras coletadas, só um terço foram devolvidos dentro de 24 horas, mas na semana anterior foram dois terços.

Exames

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, admitiu na quarta-feira que não existe uma estrutura de exames suficiente e disse que almeja que esta estrutura realize 500 mil exames diários até o final de outubro.

O esquema Teste e Rastreie relatou que tais casos positivos estão aumentando desde o início de julho e quinta-feira são o dobro do número registrado quando o sistema foi lançado, em maio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code