Sobe número de mortes durante ataque a tiros na Baixada Fluminense

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 5 de janeiro de 2018 as 14:04, por: CdB

De acordo com testemunhas, no momento em que as vítimas foram atingidas, um grupo maior de jovens havia saído do local para buscar lanches

Por Redação, com agências de notícias – do Rio de Janeiro:

Sobe para quatro o número de mortos durante um ataque a tiros em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, na noite anterio. A direção do Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, confirmou que André Felipe Ferreira de Almeida, de 21 anos, morreu nesta sexta-feira.

O caso foi registrado, inicialmente, na 54ª DP (Belford Roxo) e seguiu para a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF)

No tiroteio, três jovens  foram baleados e não resistiram. Uma quinta vítima; um rapaz identificado como Matheus Macedo, permanece internada.

O crime ocorreu por volta das 22h, no ponto conhecido como rua do Brizolinha, localizado no bairro Vale do Ipê 2.

De acordo com testemunhas, no momento em que as vítimas foram atingidas; um grupo maior de jovens havia saído do local para buscar lanches. Após os tiros, os criminosos fugiram. As vítimas foram socorridas pelos próprios moradores para o hospital de Saracuruna.

A perícia chegou ao local, quase 10 horas após o crime, como contou uma moradora. Parentes e vizinhos improvisaram uma barraca para isolar a área e proteger os corpos.

O crime

O caso foi registrado, inicialmente, na 54ª DP (Belford Roxo) e seguiu para a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF). Os corpos das vítimas foram encaminhados para o Instituto Médico legal (IML) de Duque de Caxias.

A Baixada é a região que registrou o maior índice de mortes violentas do Estado no ano passado. Entre janeiro e novembro, De acordo com dados do ISP (Instituto de Segurança Pública); 2.093 pessoas perderam a vida em decorrência de homicídio, latrocínio ou lesão corporal seguida de morte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *