Sobe número de mortos devido às chuvas na Baixada Santista

Arquivado em: Brasil, Destaque do Dia, São Paulo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 4 de março de 2020 as 13:41, por: CdB

Na manhã desta quarta-feira, o Instituto-Médico Legal (IML) de São Paulo liberou os corpos de 15 vítimas, entre eles, os de dois irmãos de 6 e 3 anos, o de um bebê de 10 meses e o de uma menina de 11 anos.

Por Redação, com ABr – de São Paulo

Subiu para 21 o número de mortos em decorrência das chuvas na Baixada Santista. De acordo com boletim atualizado pela Defesa Civil do estado de São Paulo há pouco, ainda há 28 desaparecidos. No Guarujá são 17 mortos e 21 desaparecidos; em Santos são três óbitos e cinco desaparecidos e em São Vicente, um óbito e dois desaparecidos.

De acordo com a Defesa Civil, ainda há 28 desaparecidos
De acordo com a Defesa Civil, ainda há 28 desaparecidos

O número atual de desabrigados é de 118 no Guarujá, 3 em São Vicente e 150 em Santos. Há ainda 100 desalojados em Santos e 20, em São Vicente.

Na manhã desta quarta-feira, o Instituto-Médico Legal (IML) de São Paulo liberou os corpos de 15 vítimas, entre eles, os de dois irmãos de 6 e 3 anos, o de um bebê de 10 meses e o de uma menina de 11 anos. Há ainda um idoso de 60 anos. A idades das outras vítimas (quatro homens e seis mulheres) variam entre 25 a 43 anos.

Novos deslizamentos

O governador do Estado de São Paulo, João Doria, disse, no Twitter, que o Centro de Gerenciamento de Emergências da Defesa Civil segue mobilizado e acompanhando as buscas por desaparecidos e as ações de prevenção a novos deslizamentos.

– Além disso, uma série medidas já foram adotadas para amparar as famílias desabrigadas. Dentre elas, envio de ajuda humanitária e oferta de aluguel social – disse o prefeito, aproveitando para agradecer o empenho e o trabalho das equipes da Defesa Civil, do Corpo de Bombeiros, dos técnicos do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e de geólogos.