Sobe número de mortos por tornados nos EUA

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado domingo, 12 de dezembro de 2021 as 11:22, por: CdB

Em seis Estados, dezenas de pessoas foram mortas e prédios, destruídos, em “uma das piores séries de tornados” da história do país, segundo o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. O chefe de governo chamou a devastação de “tragédia inimaginável”.

Por Redação, com DW – de Washington

Os serviços de resgate continuaram neste domingo as buscas por sobreviventes dos tornados que devastaram o centro e o sudeste dos Estados Unidos na sexta e no sábado, deixando mais de 80 mortos e um rastro de destruição.

Governador do Kentucky diz que só no Estado mortes devem superar 100

Em seis Estados, dezenas de pessoas foram mortas e prédios, destruídos, em “uma das piores séries de tornados” da história do país, segundo o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. O chefe de governo chamou a devastação de “tragédia inimaginável”.

Até a manhã deste domingo, eram contabilizadas 83 mortes, mas o número pode aumentar. “Ainda não sabemos quantas vidas foram perdidas ou a extensão dos danos”, disse Biden em rede nacional de televisão, acrescentando que as agências federais de resposta a desastres começaram a se deslocar para a área. “O governo federal fará tudo o que puder para ajudar”, assegurou.

Kentucky, no centro-leste do país, foi o Estado mais afetado dos violentos fenômenos meteorológicos que afetaram principalmente as vastas planícies norte-americanas, com colunas negras que varriam o solo, iluminadas por relâmpagos intermitentes.

Depois de anunciar “pelo menos 70 mortes” em seu Estado, o governador Andy Beshear disse que o número de mortos pode ultrapassar 100 e até mesmo que esse “número pode aumentar consideravelmente”. Ele pediu aos moradores que doem sangue para os feridos. “A devastação é incomparável a qualquer coisa que vi em minha vida, e mal consigo encontrar palavras para descrevê-la”, acrescentou.

Mayfield, uma cidade de 10 mil habitantes, foi o epicentro do desastre. O centro da cidade parece “uma pilha de fósforos”, nas palavras da prefeita Kathy O’Nan, em entrevista à emissora CNN. “As igrejas no centro foram destruídas, e o tribunal, no coração da cidade, também”, acrescentou.

– É como se uma bomba explodisse em nosso bairro – disse o morador de Mayfield, Alex Goodman, à agência de notícias AFP, após uma noite angustiante de escuridão e ansiedade. Em toda a cidade, edifícios foram arrancados, metais foram torcidos, veículos foram virados e árvores e tijolos, espalhados pelas ruas.

Em um estacionamento do centro, os voluntários coletavam itens essenciais para as famílias afetadas, como agasalhos, fraldas e garrafas de água potável, enquanto as redes de água e eletricidade não funcionam mais.

Fábrica de velas

Funcionários de uma fábrica de velas ficaram presos depois que o telhado cedeu devido a fortes ventos. Na hora do desabamento, na sexta-feira, 110 pessoas estavam na instalação, trabalhando durante a noite, e cerca de 40 delas foram resgatadas.

Equipes prosseguem buscas em fábrica de velas desmoronada. Dos 110 trabalhadores, cerca de 40 foram resgatados

– Rezo para que haja outro resgate. Eu rezo para que haja seja mais um ou dois – disse o governador Andy Beshear, enquanto as equipes vasculhavam os escombros da fábrica.

De acordo com o governador do Estado, Kentucky foi varrido por um dos tornados mais longos já registrados nos Estados Unidos, com 320 quilômetros. O mais longo, medindo 338 quilômetros, ocorreu em 1925 no Missouri e matou 695 pessoas. “Recebemos um alerta às 9h30, eles nos disseram que o tornado estava chegando. Ele veio e se foi, com um golpe”, disse David Norseworthy, de 69 anos, diante da varanda destruída de sua casa em Mayfield. “Nunca vimos nada assim por aqui. Onde chega, destrói tudo.”

Armazém da Amazon

Cerca de 30 dessas tempestades varreram o país na sexta-feira à noite e na manhã de sábado. O Serviço Meteorológico Nacional dos EUA contabilizou um total de 36 tornados, que varreram seis Estados, além de Kentucky, também lllinois, Tennessee, Missouri, Arkansas e Mississippi.

Fora de Kentucky, pelo menos 13 mortes foram registradas, seis delas, em Illinois. Todas as seis vítimas trabalhavam à noite em um armazém da Amazon, cujo telhado desabou.

Das cerca de 100 pessoas presentes, apenas 45 conseguiram sair, de acordo com os bombeiros. As equipes de resgate ainda estavam procurando no domingo. “Estamos com o coração partido pela perda de nossos colegas lá, e nossos pensamentos e orações vão para suas famílias e entes queridos”, disse o chefe da Amazon, Jeff Bezos, no Twitter.

No estado de Tennessee, ao menos quatro pessoas morreram. Mais de 70 mil pessoas estão sem eletricidade no estado.

Uma pessoa morreu e várias outras ficaram feridas após um tornado ter atingido uma casa de repouso no Estado de Arkansas. Vinte pessoas ficaram presas dentro do prédio, que desabou, segundo autoridade local. Cinco pessoas ficaram gravemente feridas e algumas outras tiveram ferimentos leves.

No estado de Missouri, uma pessoa morreu e outras duas ficaram feridas, em desabamentos de edifícios perto das cidades de Defiance e New Melle após a passagem de um tornado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code