Sociedade civil apoia vítimas de crimes da Vale em Brumadinho e Mariana

Arquivado em: Brasil, Destaque do Dia, Meio Ambiente, Últimas Notícias
Publicado domingo, 24 de fevereiro de 2019 as 17:28, por: CdB

O intuito das entidades é participar de audiências públicas, debates, intervenções culturais e atos para impedir que a tragédia de Brumadinho caia no esquecimento.

 

Por Redação, com RBA – de São Paulo

Um mês após o crime da Vale em Brumadinho, Minas Gerais, completados na próxima segunda-feira, o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), a Frente Brasil Popular e a Frente Povo Sem Medo, ao lado de outras entidades parceiras, organizam ações de solidariedade às famílias atingidas pelo rompimento da barragem.

Vítimas dos crimes ambientais da Vale exigem a prisão dos responsáveis
Vítimas dos crimes ambientais da Vale exigem a prisão dos responsáveis

Sob a bandeira “O lucro não vale a vida! Pelos direitos dos atingidos, basta de impunidade”, os movimentos também buscam alertar a população sobre as consequências sociais e ambientais de outro crime, ocorrido há pouco mais de três anos por conta da ação da mineradora Samarco, em Mariana (MG), que tinha a Vale como uma de suas administradoras.

O intuito das entidades é participar de audiências públicas, debates, intervenções culturais e atos para impedir que a tragédia de Brumadinho caia no esquecimento.

Mineradoras

Em nota, os movimentos justificaram que “os atingidos vivem a dor das perdas, angústia e indignação com a falta de respostas, enquanto que há tentativas da empresa em protelar ou evitar as reparações (muitas vezes irreparáveis) e fugir de suas responsabilidades”. Nesta quinta-feira, após tentativas de postergar a conclusão dos processos de indenização, segundo atingidos, a mineradora assinou um acordo para dar garantias às famílias.

O mais recente balanço da Defesa Civil de Minas Gerais, divulgado nessa quinta-feira, mostrou que há ainda, quase um mês após o crime, 134 pessoas desaparecidas e o número de mortos já chega a 176, além da contaminação do rio Paraopeba localizado na região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *