Soldado é condenado a 37 anos de prisão em Fortaleza

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado sábado, 6 de dezembro de 2003 as 22:13, por: CdB

Condenado a 37 anos e seis meses de prisão o soldado Ricardo Ney Pereira de Souza. Ele foi julgado pelo assassinato de três pessoas, no Parque Santo Amaro, em Fortaleza. O PM foi condenado por unanimidade, e perdeu a função pública.

O crime aconteceu há quase dois anos e meio, num bar, onde, segundo a Polícia, foram disparados mais de 20 tiros. De acordo com o Ministério Público, nenhuma das vítimas tinha envolvimento com crimes.

O soldado se apresentou à Polícia três dias após a chacina. Ele estava preso, aguardando julgamento. Na segunda-feira, outro acusado do crime, o vendedor Francisco Fabiano Pinheiro de Souza, foi julgado e também condenado a 36 anos por triplo homicídio qualificado. A defesa recorreu da decisão.