Son Heung-min passará por cirurgia em braço fraturado

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 18 de fevereiro de 2020 as 11:53, por: CdB

Son Heung-min, meia-atacante do Tottenham, passará por uma cirurgia nesta semana, já que fraturou o braço direito durante a vitória sobre o Aston Villa no final de semana.

Por Redação, com Reuters – de Londres/Dortmund

Son Heung-min, meia-atacante do Tottenham, passará por uma cirurgia nesta semana, já que fraturou o braço direito durante a vitória sobre o Aston Villa no final de semana, e deve ficar “várias semanas” fora, comunicou o time inglês nesta terça-feira.

Son Heung-min comemora vitória do Tottenham sobre o Aston Villa pelo Campeonato Inglês
Son Heung-min comemora vitória do Tottenham sobre o Aston Villa pelo Campeonato Inglês

O jogador de 27 anos, que marcou dois gols na vitória de 3 a 2 sobre o Villa, vinha sendo o principal artilheiro do clube na ausência do atacante contundido Harry Kane.

O time, que está em quinto no Campeonato Inglês, não informou uma data para o retorno de Son. O sul-coreano acumula nove gols e sete assistências na liga nesta temporada.

“Após a cirurgia, nossa equipe médica avaliará as opções administrativas para a reabilitação de Son, e o jogador deve passar várias semanas afastado”, disse o clube em um comunicado.

O Tottenham enfrenta o alemão Leipzig na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões na quarta-feira.

Neymar

O atacante Neymar deve atuar pelo Paris Saint-Germain nesta terça-feira contra o Borussia Dortmund, em jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, depois de superar uma lesão na costela, disse o técnico do PSG, Thomas Tuchel, nesta segunda-feira.

O brasileiro não jogou a partida pelo Campeonato Francês na qual o PSG empatou por 4 a 4 com o Amiens no fim de semana, quando Tuchel poupou outros atletas.

– Ele está aqui, vai treinar e, se tudo correr bem, ele jogará amanhã. Porque para nós muda quase tudo quando ele joga e espero que ele jogue – disse Tuchel.

O PSG foi eliminado nesta fase nas últimas três temporadas e está desesperado para avançar na principal competição de clubes da Europa.

– (Neymar) muda tudo, porque se ele joga, temos sua qualidade, confiança e capacidade de decidir. Isso muda tudo… porque se ele não joga, não temos outro jogador com essa qualidade para substituí-lo.

Tuchel, que treinou o Dortmund por duas temporadas antes de ir a Paris, precisará organizar um plano para parar o ataque formidável dos alemães, que marcou 22 gols em cinco jogos da Bundesliga neste ano.

– É absolutamente necessário jogar com muita confiança neste estádio com esses torcedores e com esse adversário, caso contrário você não sobrevive – acrescentou ele antes do confronto no Signal Iduna Park.

– Temos o espírito de equipe para superar situações difíceis, nos adaptar a diferentes cenários. Essa é a chave – afirmou.