Sorteio define grupo do Brasil no Pré-Olímpico de Futebol

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 6 de novembro de 2019 as 14:27, por: CdB

A seleção brasileira sub-23 conheceu os adversários que irá enfrentar na primeira fase do Pré-Olímpico Sul-Americano.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

A seleção brasileira sub-23 conheceu na noite de terça-feira os adversários que irá enfrentar na primeira fase do Pré-Olímpico Sul-Americano, que destina duas vagas para a Olimpíada de Tóquio, no ano que vem.

Competição oferece duas vagas a equipes sul-americanas em Tóquio 2020
Competição oferece duas vagas a equipes sul-americanas em Tóquio 2020

Após sorteio realizado pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), o Brasil, atual campeão olímpico, ficou no grupo ‘B’, junto com Uruguai, Peru, Bolívia e Paraguai.

Já o grupo ‘A’ reúne Colômbia (país-sede), Argentina, Chile, Equador e Venezuela.  Na primeira fase do torneio, as equipes de cada grupo duelam entre sim.

Os dois primeiros colocados de cada chave se classificam para um quadrangular final. O vencedor e o vice-campeão vão representar a América do Sul em Tóquio 2020.

Tóquio 2020

O Pré-Olímpico será disputado de 18 de janeiro a 9 de fevereiro do ano que vem, nas cidades de Pereira, Armenia e Bucaramanga, na Colômbia. O Brasil vai em busca do bicampeonato olímpico: o primeiro ouro do país foi conquistado na Rio 2016.

A partir do dia 14 de novembro a seleção sub-23, comandada pelo técnico André Jardine, disputa o Torneio de Tenerife, na Espanha, que conta ainda com Argentina, Chile e Estados Unidos. O torneio será a última etapa preparatória da seleção verde e amarela antes do Pré-Olímpico Sul-Americano.

Alison Brendom

O velocista brasileiro Alison Brendom, de 19 anos, conhecido como Piu, é finalista ao prêmio de Melhor Atleta Sub-20 do Mundo. O anúncio foi feito na manhã de terça-feira pela Federação Internacional de Atletismo (IAAF). Brendom concorre com outros quatro atletas na categoria Male Rising Star Award  (Prêmio de Revelação Masculina), um dos troféus do evento Melhores do Atletismo em 2019.  A cerimônia de premiação será realizada no próximo dia 23 de novembro, no Principado de Mônaco.

O ano de 2019 foi de conquistas para o paulista de São Joaquim da Barra.  Em agosto, Brendom conquistou em Lima a medalha de ouro nos 400m com barreiras, depois de 20 anos de jejum verde e amarelo em Pan-Americanos.

No mês seguinte, o velocista foi a revelação brasileira nos 400m com barreiras no Mundial de Atletismo de Doha, no Catar: Brendom quebrou seu recorde pessoal e também o sul-americano sub-20 ao se classificar com a marca de 48s28 para a final dos 400m com barreiras. Na classificação final, o corredor ficou em sétimo lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *