SOS, Rio de Janeiro!

Arquivado em: Opinião, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 2 de março de 2021 as 09:54, por: CdB

 

Estamos destinando para a Saúde do Rio aproximadamente R$ 30 milhões do orçamento de 2021, o que possibilitará a contratação de 30 equipes de Saúde da família para atuar nas regiões da Maré, Manguinhos e Jacarezinho com cobertura de atendimento para 105 mil pessoas.

Por Jandira Feghali – do Rio de Janeiro

O Rio vive os estragos causados pela pandemia de covid-19, agravados pela gravíssima desestruturação da Saúde municipal causada pela gestão do ex-prefeito Marcelo Crivella. Com demissão de seis mil profissionais que formavam as equipes de Saúde da família, o Rio vive a ausência da assistência básica em muitos territórios populares da cidade. Esse cenário arrasta milhares de pessoas em rápido contágio sem testes, isolamento e cuidados, desde a chegada sorrateira do coronavírus no ano de 2020.

Cristo Redentor, no morro do Corcovado, Rio de Janeiro

Hoje, são quase 18 mil mortes na capital. É para combater esse cenário desolador que anuncio boas iniciativas no dia do aniversário da cidade de São Sebastião, que completa 456 anos.

Com emendas de parte da bancada federal do Rio, a partir dos dados recolhidos com o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, eu e mais cinco deputados (Marcelo Freixo (PSOL), Marcelo Calero (Cidadania), Rodrigo Maia (DEM), Paulo Ramos (PDT) e David Miranda (PSOL) estamos destinando para a Saúde do Rio aproximadamente R$ 30 milhões do orçamento de 2021, o que possibilitará a contratação de 30 equipes de Saúde da família para atuar nas regiões da Maré, Manguinhos e Jacarezinho com cobertura de atendimento para 105 mil pessoas.

E é uma corrida contra o tempo. Uma das principais áreas que serão beneficiadas pelas contratações, como a Maré, já registraram concentração de mais de 2,5 mil casos de covid-19 até janeiro de 2021 (Painel das Favelas). Segundo a entidade, são 258 óbitos juntando as três regiões. No estado, quase 31 mil casos e 3,3 mil óbitos em áreas de favela. Caos.

Garantir a vacinação de toda a população

É preciso garantir a vacinação de toda a população, ultrapassando os obstáculos colocados pelo governo federal, que tem os recursos para adquirir as vacinas, mas a negação da Ciência, sua incompetência e desprezo pela vida não conseguem realizar. Além da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que liberou que estados e municípios comprem e distribuam imunizantes, também aprovamos na última semana na Câmara dos Deputados texto neste sentido. Agora falta o Senado!

O Rio chega aos seus 456 anos precisando de cuidados depois de um intenso abandono público de seu último gestor. Crises políticas, éticas e de má administração. Que os recursos sejam bem utilizados e mais cariocas possam ser protegidos, atendidos e salvos! O Rio precisa. O Rio merece.

 

Jandira Feghali é médica, deputada federal (RJ) e líder da oposição na Câmara.

As opiniões aqui expostas não representam necessariamente a opinião do Correio do Brasil