SP mantém maior PIB do país mas perde participação

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado quinta-feira, 11 de dezembro de 2003 as 12:27, por: CdB

O Estado de São Paulo segue como o maior PIB (Produto Interno Bruto) do País, mas vem perdendo participação. Em 1985 o PIB do Estado era responsável por 36,1% do índice nacional. Mas em 2001, sua participação caiu para 33,4%.   

Segundo o relatório Contas Regionais 2001, elaborado pelo IBGE, o ranking é liderado por sete estados desde o início da série, em 1985. São eles, por ordem decrescente: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Bahia e Santa Catarina.

A queda de participação teve o seu estopim em 2001, quando as regiões Sudeste e Nordeste tiveram crescimentos inferiores à média nacional de alta de 1,3% no PIB. Segundo o IBGE, o racionamento de energia prejudicou o desempenho da indústria nessas unidades da Federação. Principalmente, a paulista.

No caso do Nordeste, ressalta o IBGE, a seca também atrapalhou a atividade agropecuária – motor da expansão em todo o país em 2001. Tanto que o estado com pior desempenho naquele ano foi o Ceará, onde a agropecuária teve retração de 13% e a indústria, de 7%. O Ceará foi o único estado a apresentar contração da atividade econômica em 2001, ao encolher 1,1%.

Como um todo, a região Nordeste teve expansão de 0,9% naquele ano. O melhor desempenho coube ao Maranhão, com alta de 1,9% no PIB. A região Sudeste verificou crescimento de 1% – São Paulo e Rio de Janeiro avançaram 1,2% cada um, o Espírito Santo cresceu 0,4% e Minas Gerais, somente 0,1%.