Startups criam soluções inovadoras para ajudar no combate à pandemia

Arquivado em: Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021 as 14:43, por: CdB

 

Apoiadas pelo StartupRio, programa da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia, startups desenvolvem soluções inovadoras para ajudar no combate à pandemia do coronavírus. Uma delas, a Shosp, software médico de gestão com telemedicina, foi selecionada como uma das 10 startups brasileiras mais promissoras.

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro

Apoiadas pelo StartupRio, programa da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia, startups desenvolvem soluções inovadoras para ajudar no combate à pandemia do coronavírus. Uma delas, a Shosp, software médico de gestão com telemedicina, foi selecionada como uma das 10 startups brasileiras mais promissoras para 2021, segundo avaliação do Capterra, um dos mais importantes fornecedores de avaliações de software no mundo.

O StartupRio, que está novamente entre as 10 melhores do país, acelera, atualmente, quase 180 startups

De acordo com o Capterra, as selecionadas são ferramentas desenvolvidas por startups promissoras que ocupam (ou são candidatos a ocupar) posições de liderança em suas áreas entre usuários e investidores e que “todos devem ficar de olho”. Fundada em 2013, a Shosp passou a oferecer, como resposta à crise do coronavírus, um serviço gratuito de gestão de telemedicina. A empresa teve o apoio do programa StartupRio, em 2016, quando contou com palestras, cursos e mentorias promovidas pelos agentes de inovação do programa e recebeu o aporte financeiro de R$ 60 mil.

– Ver o patamar que a Shosp alcançou no decorrer dos últimos anos é um importante sinalizador de que, por mais que a jornada empreendedora tenha seus percalços, quando se tem uma boa ideia que é bem trabalhada e fomentada, o resultado é o sucesso – disse o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Dr. Serginho.

Capterra

Entre os motivos para a escolha do Capterra está o fato de a Shosp ter se tornado, em apenas um mês após o lançamento, o único software de gestão com telemedicina segura do mercado. A plataforma é totalmente integrada ao prontuário, com criptografia de dados, armazenamento do vídeo com segurança e com certificado digital (ICP-Brasil) para assinatura de receituários, pedidos de exames e atestados.

– Me sinto muito honrado pela seleção, porque mostra que estamos no caminho certo de nossa missão, que é de transformar o sistema de doenças do Brasil em um sistema de saúde qualificado. E já estamos focando em nível global – enfatizou Rodolfo Canedo, CEO da Shosp, destacando que a estrutura do StartupRio, de treinamentos e mentorias, foi uma das principais contribuições que tiveram e representou um divisor de águas na trajetória da empresa, que possui mais de 5 mil profissionais da saúde utilizando o software médico.

Seguindo os passos de sucesso da Shosp, a startup Fitaro, que ainda está no processo de aceleração do StartupRio, já mostra resultados. A plataforma de gestão de clientes, prescrição de exercícios e telemonitoramento é voltada para a área de fisioterapia, educação física, fonoaudiologia e terapia ocupacional.

– Nesse período de isolamento social, a nossa plataforma se tornou providencial, pois provê o teleatendimento dos clientes, permitindo a manutenção do isolamento social, sem prejudicar as intervenções. Neste período, o acesso ao app está gratuito, também como uma forma de dar um retorno à sociedade, por termos recebido investimento público. Estar no StartupRio tem sido muito importante para o desenvolvimento do nosso negócio – destacou Bruno Terra, cofundador da startup, que tem mais de 200 profissionais cadastrados.

Números recém-divulgados mostram que os aportes em startups no Brasil de janeiro a outubro de 2020 já superam o valor do ano passado no mesmo período, atingindo US$ 2,49 bilhões (cerca de R$ 13,5 bilhões).

Sobre o StartupRio

O StartupRio, que está novamente entre as 10 melhores do país, acelera, atualmente, quase 180 startups sendo o maior programa de aceleração do estado e um dos maiores do país. No total, 160 startups já receberam o fomento do Governo do Estado do Rio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code