A aliança dos cariri contra a ocupação de suas terras

A designação de guerra dos “bárbaros” reflete um velho preconceito, de raízes coloniais

Por José Carlos Ruy – A primeira frase do prefácio que, em 1936, Afonso E. Taunay escreveu para seu livro Guerra dos Bárbaros indica a dimensão do problema que irá abordar. A frase diz: “Em suas linhas gerais se conhece o que foi a longa e dura luta de que resultou, por parte dos civilizados, a apropriação das terras do Nordeste brasileiro.”

Continue lendo