Mercado imobiliário perde locatários nas áreas mais luxuosas

No início da quarentena, muitos proprietários concederam descontos nos aluguéis por 90 dias, o que fez os inquilinos adiarem para o segundo semestre as decisões de manter a sede ou fazer mudanças. Mas a crise se prolongou, e muitas empresas fecharam ou estenderam o regime de home office aos seus funcionários, o que motivou as devoluções de áreas inteiras.

Continue lendo