HBO Max tem planos ousados para dramaturgia na América Latina

Por Flávio Ricco – A primeira “novela”, Segundas Intenções, ambientada no mundo da beleza e tratamentos estéticos, estará toda centrada na busca por justiça. No elenco, nomes como Camila Pitanga, Antonio Fagundes, Reynaldo Gianecchini e Alice Wegmann. Escrita por Raphael Montes, vai estrear em 2023.

Continue lendo

O Brasil e seus vizinhos

Por Paulo Nogueira Batista Jr. – Temos todo interesse em ter uma vizinhança próspera e estável. A prosperidade deles alimentará a nossa e vice-versa. O Brasil, como maior país da América do Sul, tem um papel especial a desempenhar.

Continue lendo

FMI derruba estimativa de crescimento do PIB nacional

Anteriormente, em outubro do ano passado, o FMI projetava um crescimento de 1,5% do PIB do Brasil para este ano. O relatório do FMI também traz as projeções de crescimento da economia mundial. Neste cenário, o Brasil deve ter a expansão mais fraca de um grupo de 26 países, entre eles as principais economias avançadas e emergentes.

Continue lendo

Faz escuro, mas eu canto, porque a manhã vai chegar

Por José Bessa – Agora, este meu canto desafinado celebra Thiago, que subiu o boulevard Amazonas e foi sepultado no sábado (15) no cemitério São João Batista. Ai, Tetê, “eu morrendo já não posso mais te amar”. Como no poema de César Vallejo, que ele traduziu, ao atravessar o rio Andirá, “su cadáver estaba lleno de mundo”. .

Continue lendo

Ambiente de negócios na América Latina interrompe recuperação

O ICE é medido pela média geométrica entre o Indicador da Situação Atual (ISA) e o Indicador de Expectativas (IE). O ISA registrou uma pequena queda de 1,1 ponto, ao passar de 59,1 pontos para 58 pontos e continua na zona desfavorável. Mas o que influenciou a queda desse trimestre foi o resultado do IE que despencou 45,5 pontos.

Continue lendo

América Latina: a perigosa corrida de obstáculos migratória

Dentro da região se identificam dois movimentos principais: um em direção ao norte, partindo da ou passando pela América Central, cruzando o México, cujo destino final são os Estados Unidos. O outro é interregional, entre os países latino-americanos e o Caribe e que, nos últimos anos, tem sido marcado sobretudo por venezuelanos, mas também inclui colombianos e outras nacionalidades.

Continue lendo