Berlim, sem Netflix, tem filme brasileiro na competição

Por Rui Martins – Governo brasileiro quer acabar o cinema brasileiro, mas o Festival Internacional de Cinema de Berlim selecionou para a competição um filme típico dos filmes engajados do Cinema Novo, da época da ditadura militar – Todos os Mortos. Uma espécie de denúncia de que a escravidão dos negros ainda não terminou no Brasil.

Continue lendo