Preços dos ativos brasileiros ainda não atraem investidores

Apenas na semana passada, o dólar caiu 4,06%. No acumulado de terça e quarta-feira, a cotação cedeu mais de 5%, mais forte desvalorização de dois dias em 11 anos. Esse movimento foi atribuído em parte a uma realização de lucros depois de a moeda ter saltado mais de 11% no somatório das duas semanas anteriores.

Continue lendo