Coreia do Sul e Japão reagem ao avanço da covid-19

O novo coronavírus colocou a Coreia do Sul “contra a parede”, disse o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, quando as escolas foram forçadas a fechar sob o que poderá vir a ser um lockdown de nível 3, o máximo de restrições sociais no país. Seria o primeiro do ano.

Continue lendo