Mandatário recua após ler desabafo de militar sobre Anvisa

A declaração de Bolsonaro acontece dois dias depois de Barra Torres divulgar uma nota, cobrando que o presidente da República se retratasse por atacar a Anvisa. Mesmo após negar que acusasse a Agência, Bolsonaro voltou a fazer insinuações; além de ter criticado a possível liberação da vacina CoronaVac para crianças, em avaliação na autarquia.

Continue lendo