Juíza conservadora faz juramento para Suprema Corte dos EUA

Juíza Amy Coney Barrett ao lado do presidente dos EUA, Donald Trump, durante cerimônia na Casa Branca

O Senado norte-americano aprovou na noite de segunda-feira a nomeação da juíza conservadora Amy Coney Barrett para a Suprema Corte dos Estados Unidos. Com isso, a maior instância da Justiça dos Estados Unidos terá seis magistrados conservadores e apenas três liberais, um desequilíbrio inédito na era moderna.

Continue lendo