Especialistas reduzem chances de crescimento da Alemanha

Analistas pedem que Merkel abandone política orçamentária de não adquirir novas dívidas caso as perspectivas de crescimento caiam

Os principais institutos econômicos da Alemanha reduziram nesta quarta-feira suas previsões de crescimento da maior economia da Europa para este ano e o próximo, culpando a demanda global mais fraca por produtos manufaturados e o aumento da incerteza empresarial relacionada a disputas comerciais.

Continue lendo