Auxílio emergencial ainda não tem data certa para ser liberado

Cerca de 3,5 milhões de pessoas estão aptas a receber o benefício

Caso os deputados resolvam mudar o texto aprovado na Casa anterior, a proposta retornará ao Senado para nova avaliação, com duas votações posteriores. Nem assim a via crucis dos que aguardam ansiosamente pelo auxílio chegará a termo, embora a PEC seja promulgada no Congresso, sem que o aval do Palácio do Planalto seja necessário.

Continue lendo