A carreata macabra dos bolsonaristas

Por Altamiro Borges – O bolsonarista raiz adora posar de valentão, mas é meio covardão. Na última sexta-feira, a matilha fez “carreatas”, e não passeatas, contra a quarentena e para defender o “capetão”. Como ironizou Rui Costa, governador da Bahia, os ricaços preferiram usar seus carrões de luxo e evitaram pegar ônibus ou metrô.

Continue lendo