Depois de criticar a China, Europa passa a queimar mais carvão

Usina termelétrica a carvão

Em 25 de abril a agência norte-americana de notícias Associated Press (AP) informou que Pequim pretende aumentar sua produção de carvão este ano em 7%, ou 300 milhões de toneladas, para assegurar um fornecimento estável de eletricidade, depois que as tentativas de corte no ano passado levaram a perdas de energia no nordeste e sudeste da China.

Continue lendo